Thiago

Saccól

Menu

Contato

Thiago Saccól

Desenvolvimento web, conteúdo e empreendedorismo em São Paulo

Thiago Saccól - desenvolvimento web, conteúdo e empreendedorismo em São Paulo

Conheça os tipos mais comuns de websites antes de criar o seu

Em pleno século XXI, ter um website não é mais opcional. É a presença digital mínima que sua empresa precisa. Seu negócio não é mais encontrado apenas por pessoas que estão fisicamente próximas, mas sim pelo planeta inteiro nas 24 horas do dia. Hoje, existe pouco menos de 1 bilhão de websites ativos no mundo, de acordo com o Internet Live Stats.


Se no inicio da internet tínhamos páginas estáticas formadas basicamente por imagens e blocos de texto, hoje nos deparamos com páginas complexas e estrategicamente pensadas que utilizam recursos muitas vezes parecidos com magia, conforme pode ver em alguns projetos divulgados na série Inspirações Web aqui no site. É natural que os websites, e seus objetivos, tenham evoluído junto à tecnologia.


Escolher o tipo de website que o representará é a primeira etapa na construção de seu negócio no mundo digital. Abaixo uma breve lista das categorias mais comuns utilizadas nos desenvolvimentos.


Estático


Considerado seu cartão de visitas digital, os websites estáticos são objetivos e têm a missão de divulgar sua empresa, serviços, produtos e localização.


Esse tipo de projeto não sofre alterações constantes por não ter um gerenciador de conteúdo incorporado. Quando é necessária uma atualização, é feita manualmente e diretamente no código por um desenvolvedor especializado.


Administrativo


Mais dinâmicos que os estáticos, os websites administrativos permitem alterar as páginas de modo rápido e constante por possuírem um painel de controle com gerenciador de conteúdo.


Além do conteúdo institucional, é comum também apresentar informações periódicas em um blog, por exemplo, possibilitando a empresa de investir em Marketing Digital. Como sabemos, a melhor maneira de ter seu site bem ranqueado nos motores de busca como o Google é fornecer conteúdo de qualidade e único em seu site, e nada melhor que essa área ou de notícias para isso.


É aqui que entra o tão falado WordPress, o gerenciador de conteúdo mais utilizado do mundo. O WordPress fornece um sistema seguro e pronto de gerenciamento de conteúdo. Dessa forma, o profissional de desenvolvimento pode focar na inteligência e estratégia de criação do website sem perder tempo criando a cada novo projeto um painel de controle.


Hotsite


Hotsite é um projeto temporário para divulgar informações de eventos ou de ações específicas de marketing. Ponto final. Mas Thiago, precisa ser temporário? Terei que excluir o website quando finalizar o evento ou a ação de marketing? Sim! Outro ponto final.


Geralmente vemos os Hotsites com grande apelo visual, fontes grandes, cores vivas, fortes chamadas persuasivas e hospedados em subdomínios: workshop.thiagosaccol.com.br, por exemplo. É onde os usuários encontrarão as principais informações de uma ação, como local, data, horário, valores de entrada ou compra, condições, mapa dinâmico e contato.


Em que situações posso utilizar um Hotsite?



  • Lançamentos de produtos;

  • Apresentações empresariais;

  • Mídia kits;

  • Promoções;

  • Eventos em geral;

  • Páginas de destino para campanhas de links patrocinados;

  • Campanhas on e offline.


Landing Page


As landing pages, páginas de destino ou de conversão, são páginas focadas em transformar seus visitantes em interessados, e interessados em clientes.


Os visitantes recebem um material digital gratuitamente, como ebooks, vídeos ou acesso a determinado sistema após preencherem um formulário estrategicamente localizado. Essas informações são utilizadas posteriormente pelo Marketing ou Comercial para finalizar o processo de venda ou convencimento.


E-commerce


O e-commerce, ou loja virtual, é uma técnica de comércio que realiza suas transações financeiras por meio de lojas virtuais. É o projeto da lista que mais demanda atenção em segurança, justamente por lidar com o dinheiro dos usuários.


Os produtos vendidos podem ser tanto físicos, como roupas, calçados ou aparelhos eletrônicos, quanto digitais, como cursos, músicas ou filmes. Existem atualmente diversas plataformas para criação de e-commerce de baixo custo, como o Iluria ou PrestaShop.


Ao decidir vender online, muitos itens devem ser vistos antes da implementação da Loja Virtual. O processo de precificação, por exemplo deve ser criado com cautela, prevendo parcelamentos, taxas dos cartões de crédito ou boletos bancários. A logística deve ser pensada em diminuir o custo do transporte, seja pelos Correios ou transportadora particular. Cada produto deve ter uma descrição chamativa com fotos profissionais para seu negócio ter sucesso. Inclua aí o custo de profissionais da área de redação, design e fotografia.


One Page


Como o próprio nome define, os websites one page são pensados para exibir todo o conteúdo em apenas uma página, sendo mostrado em seções bem definidas e contrastantes.


Outras páginas podem até existir, porém, apenas para apoio, como a página interna de uma notícia. Porém, as principais informações obrigatoriamente são exibidas na página principal.


Nesse modelo de website, os links internos e do menu direcionam o usuário a uma seção da própria página, fazendo automaticamente a rolagem até a informação procurada.


Comunitário ou fórum


Os websites comunitários, fóruns ou redes sociais são espaços virtuais onde grupos de pessoas ou empresas se relacionam pelo envio de mensagens, compartilhamento de conteúdos, entre outros.


Existem diversos tipos de redes que trabalham em meios diferentes de interações: o Facebook, a maior delas, funciona pela expansão de contatos; o Youtube, com o compartilhamento de vídeos; o Instagram tem o foco em fotos e vídeos; o Linkedin, para interação e expansão de contatos profissionais, e assim por diante.


Portal ou midiático


É considerado um portal ou website midiático aquele que reúne diversos tipos de informação para um público variado. Um centro aglomerador e distribuidor de conteúdo.


É comum vermos portais com campos de busca, conjunto de áreas subordinadas com conteúdos próprios, notícias categorizadas, fóruns e publicidades.


Obrigatoriamente os portais são vinculados a um gerenciador de conteúdo, pois, com a alta quantidade e rapidez que as informações são atualizadas, fica inviável o gerenciamento diretamente no código, como os websites estáticos.


Portfólio


Portfólio é uma compilação de materiais que exemplifica suas crenças, habilidades, qualificações, educação, treinamento e experiências. Ele fornece uma visão sua sobre personalidade, ética e modo de trabalho.


Portfólios não são necessariamente físicos. Muitos são digitais e contêm textos, imagens, vídeos e gifs com grande apelo visual que facilitam o contato de possíveis empregadores ou clientes.


Você pode criar seu portfólio contratando um desenvolvedor web, tendo assim um projeto em formato de website ou utilizar alguma plataforma pronta como a Lattes ou o Behance (para designers).


Blog


Os blogs são páginas online onde periodicamente são publicados conteúdos, originais ou não, como textos, imagens, músicas ou vídeos, criados estrategicamente para atacar um público-alvo predefinido.


A publicação periódica de conteúdo relevante, único e de qualidade é o meio mais garantido de suas páginas alcançarem o tão almejado primeiro lugar no Google.


Os blogs podem ser adicionais em websites já prontos ou serem um site próprio.


Educacional


Plataformas educacionais, mais conhecidas como e-learning ou plataformas de ensino à distância, o EAD, são sistemas que facilitam o envolvimento dos usuários em cursos educacionais no ambiente online.


Utilizados por grandes escolas, e até profissionais autônomos, aglomeram o conteúdo em um único local de fácil acesso. Cursos de e-learning podem usar uma variedade de técnicas, incluindo gravações de áudio e vídeo, apresentações, questionários, pesquisas, jogos, grupos de discussão e muito mais.


E-learning também pode ser denominado como uma rede habilitada de transferência de habilidades e conhecimentos, e a entrega da educação é feita para um grande número de destinatários em momentos iguais ou diferentes.


Assim como o e-commerce ou lojas virtuais, ao decidir vender seus cursos online, o website entra apenas após grande parte de sua estrutura estar pronta. É necessário organizar seus conteúdos em módulos e aulas, precificar, criar o modo de suporte aos alunos etc., aí sim você parte para a plataforma que utilizará.


Caso tenha interesse, veja estas plataformas aqui: Hotmart, LeadLovers ou Udemy.


Marketplace


Marketplace é um website ou aplicativo que facilita a compra de várias fontes diferentes. O proprietário do projeto não possui nenhum produto a ser vendido, pois seu negócio é facilitar a compra de produtos de outras pessoas ou empresas.


O foco nesse tipo de negócio é manter íntegro e seguro o processo de compra, gerenciar os produtos de forma inteligente e buscar parcerias com a intenção de oferecer descontos aos seus usuários.


Até a próxima!